ACOMPANHE NAS REDES:

PROGRAMA JOVEM CIDADÃO

Ao unir esporte, cultura e entretenimento, o Programa Jovem Cidadão, criado por Eduardo Braga em novembro de 2007, vem transformando a vida de milhares de jovens amazonenses e se firmando como uma das mais bem sucedidas iniciativas do Governo do Estado na área social. Coordenado pelo Conselho de Desenvolvimento Humano (CDH) e apoiado diretamente pelo Corpo de Bombeiros, o programa atende atualmente 120 mil jovens da capital e do interior do Estado. A ideia é que os jovens possam participar de uma série de atividades esportivas, socioculturais e de uma variedade de cursos técnicos em um horário que não interfira na sua educação formal.

Para estimular a participação dos jovens, o governo amazonense disponibiliza uma bolsa mensal de R$ 30 para o estudante ou de R$ 50 para a família com mais de um filho integrado ao programa. As atividades nas áreas de educação, esporte, cultura, capacitação e qualificação para o trabalho são realizadas em parceria com as secretarias estaduais de Assistência Social (Seas); de Educação (Seduc); de Segurança Pública (SSP); de Cultura (SEC); de Esporte e Lazer (Sejel); e também com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

Reconhecido como um dos mais abrangentes programas sociais direcionados ao público juvenil, o Jovem Cidadão utiliza infraestrutura institucional que inclui quadras das escolas públicas selecionadas pela Seduc; Núcleos Jovem Cidadão espalhados pela capital e interior, espaços públicos dos órgãos parceiros e espaços comunitários como igrejas, associações comunitárias e ongs. Entre as atividades desenvolvidas com os jovens estão esportes como futsal; handebol; vôlei de areia; xadrez; capoeira; e futebol de campo, além de contar com atividades culturais como aulas de artes plásticas; teatro; dança urbana.

Na área de qualificação profissional, o programa oferece cursos de informática básica e avançada; inglês e espanhol, básico e intermediário; fotografia; assistente de operação administrativa; assistente de marketing e vendas; assistente de controle de estoque; auxiliar de departamento pessoal; e auxiliar de escritório e contabilidade básica. Para participar do projeto, as famílias são selecionadas segundo critérios específicos, como ter crianças de 12 anos e jovens de 13 a 20 anos, com matrícula regular em escola pública. Para a permanência no projeto, os critérios são de obtenção de 90% de freqüência na escola e de 90% de freqüência nas atividades do projeto, além de aprovação ao término de cada série escolar.

Destaques

Coligação União Pelo Amazonas - PMDB • PR • Solidariedade • PCdoB • PTB • PSDC